12 Softwares Populares e Perigosos

A Bit9, empresa que vende tecnologia de controle de aplicações e dispositivos, elaborou um ranking dos aplicativos mais procurados pelos usuários e que são afetados por falhas de segurança graves. Os resultados são surpreendentes.

Para poder constar desta lista, cada aplicativo tem de obedecer a certos requisitos: rodar em Windows; ser do conhecimento generalizado e frequentemente baixado; não ser classificada como software malicioso pelos departamentos de informática e empresas de segurança; conter pelo menos uma vulnerabilidade crítica descoberta desde Junho de 2006; e, por fim, que necessite de ser atualizada manualmente (o que explica a ausência do Internet Explorer e outros da lista).

Segue-se então a lista elaborada pela Bit9 das 12 aplicações com vulnerabilidades críticas mais populares:

1. Yahoo! Messenger, 8.1.0.239 e anteriores
2. Apple QuickTime 7.2
3. Mozilla Firefox 2.0.0.6
4. Microsoft Windows Live (MSN) Messenger 7.0, 8.0
5. EMC VMware Player (e outros) 2.0, 1.0.4
6. Apple iTunes 7.3.2
7. Intuit QuickBooks Online Edition, 9 e anteriores
8. Sun Java Runtime Environment (JRE) 1.6.0_X
9. Yahoo! Widgets 4.0.5 e anteriores
10. Ask.com Toolbar 4.0.2.53 e anteriores
11. O driver da Broadcom para dispositivos wireless como o utilizado no Cisco Linksys WPC300N Wireless-N Notebook Adapter 3.50.21.10
12. Macrovision (antiga InstallShield) InstallFromTheWeb.

Fonte: Bit9 News

Leonardo R.

Analista de TI, graduado em Internet e Redes de Computadores, apaixonado por tecnologia, música e viagens. Mountain biker por hobby, e jogador de Xbox One e alguns jogos da Blizzard nas horas vagas. Também curte fotografia, filmes, séries e web em geral.

  • A num concordo com o firefox pertencer a lista!

    Mas como num pediram minha opnião para listar os resultados!

    Quanto as aplicações do Yahoo isso e erro desde o principio!

  • Marcelo

    Isso ae essa lista e boa mas to com cara ae do lado nao concordo com firefox nessa lista.
    ^^

  • Famosos aplicativos “furadan” né?
    Também não acho o Firefox tão perigoso assim, mas se você tá dizendo né? huhauh