Análise, opinião e teste do Hyundai HB20

Se você está pensando em trocar de carro ou adquirir seu primeiro automóvel e gostaria de sair da mesmisse de carros como Gol, Palio, Celta, o coreano-brasileiro HB20 pode ser uma boa pedida.

Lançamento da coreana Hyundai, mas fabricado no Brasil, o HB20 é um carro que está deixando as demais montadoras assustadas pelo fato de ser um carro leve, cheio de itens de série (que em grande parte são opcionais em seus concorrentes), e o melhor de tudo: tem um motor potente e econônimo.

A versão mais barata do HB20 é a 1.0 Comfort que sai por 31.995 reais que traz airbag duplo, Isofix, ar condicionado, direção hidráulica, computador de bordo, abertura interna do tanque de combustível, gaveta sob o banco do motorista, porta-revistas, limpador traseiro, faróis com máscara negra e rodas aro 14″. A versão mais completa é a 1.6 Premium AT que custa R$ 47.995 e possui todos itens de série das versões anteriores, somados a rodas de liga leve aro 15 e câmbio automático.

Os únicos opcionais até o momento são a pintura que acrescenta ao preço 1.045 reais se for metálica ou 1.245 se for perolizada, e sistema de som que inclui Central multimídia com comandos no volante e porta objetos com tampa na frente da alavanca de câmbio comportando entradas auxiliares para o player no painel.

Confira uma análise feita pelo site Vrum, seguidas de notas de avaliação:

Leonardo R.

Analista de TI, graduado em Internet e Redes de Computadores, apaixonado por tecnologia, música e viagens. Mountain biker por hobby, e jogador de Xbox One e alguns jogos da Blizzard nas horas vagas. Também curte fotografia, filmes, séries e web em geral.