A novela do meu Moto 360

Moto 360

Comprei um Moto 360 logo em seu lançamento no Brasil, no final de 2014 e vinha utilizando o smartwatch sem problema algum até o início deste ano, quando saiu a última atualização de software para o relógio, o Android 6. Após realizar essa atualização de versão, notei que o relógio começou a ficar mais lento, a bateria durando cada vez menos e de repente, passou a desligar sozinho (mesmo com bateria carregada) após alguns toques nas notificações na tela. Quando isso acontecia, ele só ligava novamente quando era colocado no dock de carregamento. Tal problema foi persistindo e se agravando cada vez mais, até o ponto em que ele não se mantinha ligado por 10 min.

Tentei de várias formas reinicializar o relógio, busquei formas de fazer downgrade para o Android 5.1.1 mas sem sucesso. Deixei o relógio sem uso por cerca de 4 meses, até que eu decidi procurar uma a assistência técnica que pudesse recuperar meu Moto 360. Em 3 que pesquisei, todas me informaram que somente recebiam aparelhos dentro do prazo de garantia. Como o meu já tinha mais de um ano de uso, o jeito foi ligara para Motorola cerca de 3 vezes até que me passaram um número da sua autorizada no interior de São Paulo para que entrasse em contato e enviasse o aparelho para análise.

Enviei o aparelho e me foi passado o orçamento de R$399. Entrei em contato para contestar o valor e me informaram que este valor era referente à troca da placa, vidro, tampa traseira e pulseira. Me espantei pois o vidro não estava arranhado e a pulseira tinha apenas marcas de uso. Com isso pedi para que o valor fosse abatido desses itens, mas não foi possível. Segundo a atendente, o valor era referente à placa e os demais itens seriam uma cortesia da Motorola. Fazer o quê né? Autorizei o conserto e aguardei mais umas 2 semanas.

O relógio chegou com o Android 5.1 instalado. Conectei o relógio ao meu celular e utilizei normalmente por 1 dia, até que apareceu uma notificação de atualização de versão para o Android 6. Fiz a atualização e utilizei o relógio por algumas horas até coloca-lo no dock para carregar a bateria. Segui a dica de usuários da comunidade do Moto 360 no Google+ para colocar no modo teatro a fim de evitar o burn da tela durante o carregamento. Para quem não sabe, quando o relógio está carregando ele fica como um relógio digital e e em volta do horário, um círculo indicando o nível de bateria (vide foto abaixo). Muita gente reclama que depois de um tempo, esse círculo fica marcado para sempre na tela. Comigo, pelo menos, nunca aconteceu.

Moto 360

No dia seguinte, ao retirar o relógio do carregador o mesmo não ligava. Tentei durante toda a manhã liga-lo mas sem sucesso. E ainda por cima notei que ele estava com uma temperatura elevada. Entrei em contato com a assistência novamente, e como estava no período de garantia, enviei o relógio novamente.

Passados cerca de 10 dias, ele retornou. Na Nota Fiscal, a informação era de que tinham feito uma nova troca de placa por motivo de super aquecimento. Com isso, já era a terceira placa do Moto 360.

O relógio chegou dia 28 de outubro e até o momento está funcionando normalmente. Porém, já aparece a notificação para atualizar o software. Como já tive 2 experiências nada satisfatórias com essa versão, estou um pouco receoso para fazer o update.

Um ponto bom é garantia que ainda tenho, de 90 dias. Se por acaso der problemas novamente, ainda posso enviar de volta para assistência pela 3a vez, e com isso eles são obrigados a enviar um aparelho novo, ou estou enganado? Acho que existe uma lei assim..

Leia Mais

Curso online de Fotos incríveis com seu celular

Você sabia que o smartphone é uma ferramenta poderosa e muitas vezes a mais indicada para determinadas situações? Tem gente fotografando conflitos com celular e ganhando prêmios com isso; tem gente vendendo foto do celular em galeria de arte e bancos de imagem e também ganhando dinheiro com isso!

Fotografia com celular

Alguns tipos de fotografia exigem equipamentos específicos: câmeras de grande formato para a publicidade, DSLRs e lentes claras para casamentos e até celulares para fotografias de rua! Atualmente, os dispositivos móveis têm várias funções para captura de imagem, muitas vezes subutilizadas. Eles incorporaram aplicações de câmeras fotográficas mais elaboradas e podem gerar arquivos de qualidade semelhante a equipamentos profissionais.

Sabendo usar seu smartphone, você não precisa de mais nada: pode fotografar, editar e, com acesso à internet, compartilhar em instantes. Aprenda a fazer fotos incríveis com um equipamento que cabe no seu bolso e está sempre com você!

Clique aqui para acessar ao curso gratuito de fotos incríveis com celular!

Leia Mais

Download grátis ISO de várias versões do Windows ou do Office

Windows 10 DVD

Muita gente não sabe, mas é possível fazer o download de qualquer imagem ISO do Windows ou Office de forma oficial* e original, sem pirataria, diretamente nos sites da Microsoft, em outros portais ou com ajuda de ferramentas como o caso do Windows ISO Downloader.

Basta você fazer o download do aplicativo, executa-lo e selecionar as imagens dos discos que deseja baixar:

windows_001_thumb

windows_002_thumb

Depois de fazer o download, é só instalar (no caso do Office) ou criar um pendrive bootável para uma instalação limpa do sistema operacional.

* As imagens ISO são originais e oficiais da Microsoft, mas você precisa ter um serial válido para instalar. Nenhum dos sites fornecem esse número de série.

Leia Mais

Revertendo atualização para o Windows 10

Windows 10 Update

Se a atualização para o Windows 10 ocorreu há menos de um mês, você pode desfazer facilmente a atualização e voltar para sua versão anterior do Windows acessando Configurações > Atualização e Segurança > Recuperação e selecionando a opção Desfazer atualização e voltar para o Windows 7

Esse processo não afetará seus arquivos pessoais, mas removerá todos os aplicativos instalados após a atualização para o Windows 10.

Leia Mais

Você carrega o seu celular de forma correta?

celular com pouca bateria

É verdade que as baterias são más, pois os telefones têm evoluído muito e as baterias muito pouco. E todos sabemos disso, pois geralmente quase não duram um dia inteiro de funcionamento!

Mas em parte também a culpa é nossa, porque quase sempre carregamos os nossos smartphones de forma errada. Muitos usuários têm a ideia que carregar os telefones aos poucos “vicia” e mais vale carregar quando estiver quase morto e carregar tudo de uma vez, que faz melhor à saúde da bateria.

Quem o diz é um site de uma empresa canadiana especializada em baterias, a Cadex. Esta empresa no seu site tem uma área dedicada a explicar alguns fenômenos que muitas vezes desconhecemos e que os 35 anos de experiência da empresa no ramo permitem trazer a público.

A área chama-se Universidade das Baterias e detalha, por exemplo, como as baterias de íons de lítio nos nossos smartphones são sensíveis às suas próprias versões de “stress”. E, tal como acontece com os seres humanos, o aumento de stress pode prejudicar a longevidade da própria bateria.

Se quiser ter a sua bateria todo o dia a fornecer energia ao smartphone sem qualquer problema e sem qualquer reserva para poder usar o que precisar, vai ter de mudar alguns hábitos, segundo os especialistas.

carregando celular

Desligar da energia a bateria quando esta estiver totalmente carregada!

Uma outra observação muito importante é sobre uma mania que muitos usuários têm, em deixar o smartphone ligado à energia mesmo após uma carga completa. Isso provoca uma altíssima tensão nos compostos internos desgastando os a própria bateria em si, pelo tal stress causado aos compostos químicos no interior da mesma.

Para minimizar este problema, existem carregadores mais inteligentes que, com auxílio do sensor de carga, apenas é encaminhada carga para a bateria no caso de a capacidade ser inferior a determinado valor, na maioria dos casos abaixo de 95%. Se no seu dispositivo, quando ligado continuamente ao carregador, a bateria se mantém muitas horas com 100%, então provavelmente encontra-se sob o stress descrito anteriormente.

Então não devemos carregar até aos 100% da capacidade?

De acordo com os dados dos fabricantes de baterias e com os dados recolhidos da utilização de baterias modernas que usamos nos smartphones, as baterias de íons de lítio não precisam de ser totalmente carregadas. Aliás, nem é recomendado fazê-lo. Na verdade, é melhor não carregar totalmente, porque manter a bateria em alta tensão nos 100% (que é o que acontece na maioria das vezes quando colocamos os dispositivos a carregar) cria um stress desnecessário.

Parece contraditório? Sim, de fato parece, então se estamos a tentar manter o nosso smartphone carregado para um dia, não o devemos carregar totalmente e usar até acabar? Afinal parece que o melhor é carregar sempre que possamos, aos poucos, à medida que tenhamos uma tomada à disposição.

“Li-ion does not need to be fully charged as is the case with lead acid, nor is it desirable to do so. In fact, it is better not to fully charge because a high voltage stresses the battery. Choosing a lower voltage threshold, or eliminating the saturation charge altogether, prolongs battery life but this reduces the runtime. To achieve maximum runtimes, most chargers for consumer products go for maximum capacity; extended service life is perceived less important.”

Baterias Li-ion não precisam de ser totalmente carregada, como é o caso com ácido e chumbo, nem é desejável fazê-lo. Na verdade, é melhor não carregar totalmente, porque uma alta tensão salienta a bateria. A escolha de um limiar inferior de tensão, ou eliminar a carga de saturação por completo, prolonga a vida da bateria, mas isso reduz o tempo de execução. Para alcançar tempos de execução máximo, a maioria dos carregadores para produtos de consumo vão para uma capacidade máxima; vida útil prolongada é percebida menos importante.

bateria externa

Ligue o telefone à energia sempre que puder

Parece que afinal as baterias dos smartphones são mais felizes se forem carregadas ao poucos do que carregadas até à carga máxima. São mais felizes se forem carregadas ainda com pouca energia do que quando estão sem carga nenhuma.

O ideal, segundo se pode ler nos estudos da Universidade da Bateria, é que o melhor cenário para aumentar a longevidade da bateria seria carregar quando esta perde 10% da sua carga. Obviamente que isso não é possível nem prático, assim, a sugestão é que a carregue sempre que possa. Está correcto carregar várias vezes ao dia.

Esse comportamento não só otimiza o desempenho da bateria como também dá ao seu smartphone energia para ser usado muito mais tempo. Faz sentido!

Mas há mais. O fato de carregar várias vezes ao dia permite-lhe usar recursos que consomem mais a energia das baterias, como o GPS e todas os aplicativos que fazem uso de localização. A antena do GPS é a campeã a drenar as baterias e se tiver o hábito de carregar em pequenos períodos por dia, pode usar o GPS porque vai conseguir recarregar a carga que acabou de perder.

Leia Mais

XtraFinder, TotalFinder e o OS X El Capitan

XtraFinder

Após a atualização do OS X para a versão 10.11 El Capitan na última semana, eu fiquei um pouco chateado pois um dos meus add-ons favoritos para o sistema da maçã, o XTraFinder,  havia parado de funcionar – Se você não conhece, você não sabe o que está perdendo..

Algumas das funções adicionadas pelo XtraFinder
Algumas das funções adicionadas pelo XtraFinder

TotalFinder é um aplicativo semelhante que apresenta as mesmas funcionalidades.

Visitei o site e vi que o aplicativo era compatível com a nova versão do OS X. Fiz novamente o download, instalei e nada de funcionar. Fiquei intrigado e resolvi pesquisar um pouco a respeito e descobri que ele não estava funcionando normalmente devido a uma nova proteção do El Capitan, que não permitia sua inicialização.

Pesquisei mais um pouco e vi que é possível desativar essa proteção e de uma maneira bem simples:

  1. Reinicie o seu sistema operacional e pressione CMD+R para iniciar em modo de recuperação;
  2. Vá em Utilitários > Terminal e digite o comando “csrutil disable” (sem as aspas, é claro);
  3. Reinicie normalmente o OS X;
  4. Caso o Xtrafinder não seja iniciado, basta reinstalar e começar a utilizar. No meu caso, ao reiniciar o XtraFinder já estava ativo normalmente.

Aproveite os recursos e compartilhe essa dica com seus amigos!

Leia Mais

Resolvendo problemas do Guardião Itaú no Chrome no Mac OS X

Todos que fazem uso de bankline em seus computadores sabem o quanto é chato, porém necessário a instalação de aplicativos para manter a segurança e confiabilidade nos sites das instituições financeiras ainda mais quando é nosso dinheiro que está envolvido.

E ultimamente, após uma atualização de versão do navegador Google Chrome, eu não conseguia mais realizar operações financeiras através do site do Itaú. Conseguia acessar a conta, ver extratos, fatura do cartão, entre outras coisas.. Mas realizar transferências e pagamentos foram 2 das operações que deixaram de ser efetuadas.

Ao tentar fazer esses pagamentos, sempre era solicitada a instalação do Guardião Itaú. Eu sabia que já tinha instalado anteriormente, mesmo assim prosseguia com a instalação e reiniciava o navegador. Em novas tentativas, percebia que o processo entrava em loop, ou seja, sempre solicitava a instalação do aplicativo.

Qual a solução encontrada nesse caso?

Acabei utilizando outros navegadores como o Safari e Firefox e até mesmo instalei o aplicativo do banco para Mac OS X – este último que não gostei muito pois era sempre executado em tela cheia e com um imenso fundo branco e não permitia fazer alteração na resolução.

Mas recentemente descobri que há um macete para resolver de vez esse problema e conseguir instalar o Guardião do Itaú no Chrome. Basta abrir uma nova aba no navegador (cmd+T) e digite:

chrome://flags/#enable-npapi

Será localizado a flag Enable NPAPI como mostra a imagem abaixo:

npapi

Por padrão, a opção vêm desativada. Clique em Enable e reinicie o browser.

Ao acessar o site do Itaú (e de outros bancos com soluções de segurança semelhantes) e tentar realizar alguma transferência ou pagamento, será mais uma vez solicitado a instalação do Guardião. O que muda é que dessa vez o processo terá sequência e você irá conseguir realizar sua transação.

Leia Mais

Aplicativo Plex for Android de graça. CORRE!

O Plex, um dos melhores aplicativos para organização e reprodução de mídia (filmes, fotos ou músicas) em dispositivos Android está de graça no Google Play, a loja de aplicativos do Google. E se eu fosse você iria correndo baixar o seu!

Plex

Em conjunto com Plex Media Server – disponível gratuitamente para Windows, Mac, Linux – você pode assistir aos vídeos do seu computador onde quer que esteja, no seu tablet, smartphone ou Chromecast. E você ainda pode fazer transmissões até mesmo via Internet se você tiver uma boa conexão em ambos os lados.

Com ele você pode começar seu filme em seu PC, interromper o vídeo, e continuar do mesmo ponto onde você parou em seu smartphone ou tablet. Fantástico!

Aproveite agora mesmo e faça download do Plex no Google Play!

Leia Mais