Como funciona o backup do iCloud

O iCloud é um serviço de backup automático e confiável da Apple presente em seus dispositivos portáteis (desde que possuam o iOS 5 ou versões posteriores instalado) e computadores da maçã rodando OS X 10.7 ou mais recente, para que nós tenhamos e façamos uma cópia de informações sem a necessidade de conectá-los a um computador ou copiar para um disco externo.

iCloud

A Apple fornece gratuitamente a todos os usuários, 5 GB de armazenamento que você pode usar para guardar:

  • Fotos e vídeos no rolo da câmera
  • Configurações do dispositivo (favoritos do telefone, imagem de fundo e contas de e-mail, contatos e calendário)
  • Dados dos aplicativos
  • Tela de Início e disposição dos apps
  • Mensagens (iMessage, MMS e SMS)
  • Toques
  • Visual Voicemails

Fora isso, você ainda tem um espaço gratuito e ilimitado para músicas, filmes, programas de TV, apps e livros adquiridos na App Store.

É possível contratar até 50 GB espaço adicionais, desembolsando uma boa grana para isso:

  • 10 GB adicionais (total de 15 GB): $20/ano
  • 20 GB adicionais (total de 25 GB): $40/ano
  • 50 GB adicionais (total de 55 GB): $100/ano

Quando o backup é realizado?

O iCloud faz backup automaticamente dos dados acima listados sempre que seu dispositivo estiver conectado à internet usando Wi-Fi, conectado a uma fonte de alimentação e tem a tela bloqueada.

Para isso é necessário ativa-lo no iOS através do menu Ajustes > iCloud > Armazenamento e Backup.

Caso prefira executar o backup manualmente, você pode acessar esse mesmo menu acima e selecionar a opção Efetuar Backup Agora sempre que desejar.

Gerenciando o backup

Você pode selecionar quais aplicativos terão dados salvos no iCloud, e com isso economizar espaço em disco disponível. Para saber quais dados fazem o backup, vá em Ajustes > iCloud > Armazenamento e Backup > Gerenciar Armazenamento. A partir daí basta selecionar o dispositivo que deseja gerenciar para visualizar os dados armazenados.

Leia Mais

Recuperando dados (fotos, videos, contatos) apagados em qualquer dispositivo Apple

Após ter publicado aqui no site um tutorial para recuperar fotos apagadas em iPhones, iPad ou iPod touchs a partir de um backup anterior do iTunes, muita gente entrou em contato me questionando sobre restauração de outros arquivos deletados em seu iGadget, tal como mensagens de texto, contatos, e até mesmo fotos sem um backup anterior.

Inicialmente não achei que isso fosse possível, mas recentemente me foi apresentado o Wondershare Dr.Fone para Mac um novo software que permite recuperar arquivos diretamente de iPhones, iPads e iPod touch sem backup do iTunes. Mas o software também pode ser usado para recuperar dados através do backup do iTunes.

Este software é compatível com os seguintes dispositivos:

Wondershare Dr.Fone para Mac
Lista de dispositivos compatíveis

Eu fui convidado a fazer um teste deste aplicativo e achei fantástico! Primeiramente pelo número de dispositivos compatíveis (veja acima) e segundo por ter encontrado arquivos apagados há muito tempo, além de um histórico de ligações e mensagens SMS de anos atrás – sempre que troco de aparelho eu recupero um backup do modelo anterior para não ter que configurar tudo.

Aproveitando que tinha deletado algumas fotos no dia anterior, instalei uma versão de teste grátis do Wondershare Dr.Fone para verificar sua eficácia. Logo que executado, ele me deu opção de restauração a partir do próprio aparelho ou por um backup do iTunes. Como eu sabia que as fotos não estariam no backup, parti para a recuperação direta.

buscando-arquivos

Em seguida ele começou a verificar meu iPhone (imagem acima) em um processo até rápido, o que me deixou feliz por um curto período de tempo. Creio eu que nesse momento ele apenas verifica informações como modelo, capacidade e número de série do aparelho. Em seguida ele parte para outra tela onde realmente faz a busca por arquivos.

Eu particularmente achei o processo um pouco devagar, mas pode ser devido ao número de arquivos e capacidade do meu iPhone, que é um modelo de 32GB. O processo de pesquisa demorou cerca de 30 minutos.

recuperando-arquivos

Uma das vantagens deste software é que você não precisa esperar a busca ser completamente finalizada para navegar entre os arquivos já localizados. Se você reparar na imagem acima, do lado esquerdo, algumas opções já estão disponíveis (em texto preto) e você poderá clicar ver do lado direito os arquivos encontrados.

Há uma opção em alguns casos, que você poderá ativar um filtro para mostrar somente dados deletados. Quando disponível, basta clicar em “Mostrar somente os arquivos eliminados” que fica acima da lista de arquivos.

Para recuperar arquivos, basta seleciona-los e clicar no botão Recuperar na parte inferior. Muito simples!

Caso você necessite recuperar arquivos apagados no seu aparelho ou de algum cliente, este software irá facilitar a sua vida. Ele possui versão somente para Mac com processadores Intel e requer OS X 10.6 ou superior. O Wondershare Dr.Fone custa pouco menos de R$200 mas você pode fazer download de uma versão gratuita para testes como eu fiz através do website da Wondershare.

Leia Mais

Tutorial para instalar o iOS 7 Beta no seu iPhone

iOS 7

Antes de começar, faça o download do iOS 7 de acordo com o modelo do seu iPhone:

*Atualizados em 01/08 já com links para o iOS 7 Beta 4

Feito o download, vamos aos procedimentos para instalar o sistema em seu aparelho. Lembrando que inicialmente, para usar o iOS 7 você deve ser um desenvolvedor registrado na Apple afim de evitar danos ao seu dispositivo, mas com esse procedimento você poderá instalar sem registro e sem pagar a taxa anual de desenvolvedor.

Não recomendamos fazer isso, se continuar será por sua conta e risco. Ok?

  1. Antes de começar e para sua segurança, faça backup completo do seu iPhone através do iTunes;
  2. Feito o o backup, clique na Opção “Restaurar iPhone”.
  3. Finalizada a restauração e o download através dos links acima, deixe o iPhone conectado ao computador e no iTunes, segure a tecla “Shift” (no Windows) ou a tecla “Option” (Mac) e clique no botão “Buscar atualização”;
  4. Será aberta uma janela onde você deverá indicar o arquivo do iOS 7 que você baixou no computador e selecione-o;
  5. Em seguida o iTunes irá instalar o novo sistema no seu aparelho, processo que levará alguns minutos;
  6. Concluída a instalação, seu iPhone será reiniciado automaticamente e estará pronto para uso;

Com seu iPhone já com o iOS 7 instalado, você poderá restaurar o backup feito anteriormente para que tenha todo seus contatos, arquivos e configurações.

Leia Mais

5 Anos de AppStore: Aplicativos e Jogos grátis para iOS essa semana

Em comemoração aos 5 anos da Apple AppStore que serão completados no dia 10 de julho, a Apple está faz oferecendo ótimos jogos e aplicativos de graça! Isso mesmo, sem custo nenhum durante esse período festivo você poderá fazer download grátis do Infinity Blade II por exemplo, um dos mais legais jogos (inclusive em questão gráfica) para seu iPhone ou iPod touch.

app-store-5-years

Confira a lista dos aplicativos e jogos grátis para download na AppStore Americana, com exceção das 2 versões de Mirror’s Edge que estão gratuitos apenas na loja brasileira.

Jogos:

Aplicativos:

Leia Mais

Consumo de memória no Mac OS X após upgrade de memória RAM

Recentemente fiz um upgrade de memória RAM no meu MacBook Pro, trocando um par de pentes de memória Kingston com 4GB cada, por um kit Corsair Vengeance 16GB. É o segundo upgrade que faço já que originalmente o meu portátil é vendido com 4GB de RAM, e agora tenho 4x mais memória que o modelo original.

Para quem nunca trocou memória de um MacBook ou MacBook Pro, o processo é bem simples, tal como de um notebook qualquer. Basta retirar alguns parafusos usando um conjunto de chaves de relojoeiro (aquelas bem finas), remover a tampa e substituir os pentes de memória. Feito isso, basta fechar novamente o seu equipamento e ligar.

kit memoria corsair
Foto: Mikey V. no Flickr

A primeira impressão que eu tive após a instalação das novas memórias é que o tempo de boot não teve uma mudança significativa – praticamente imperceptível – até que o momento em que o wallpaper é exibido. A partir daí já senti uma grande diferença, pois em um tempo bem curto todos os ícones da barra de menus apareceram rapidamente e eu pude iniciar o uso do sistema operacional em um tempo menor. Excelente!

O MacBook ficou bem melhor, mais rápido. Por alguns instantes até parecia estar com um equipamento novo, mas com um sistema operacional e aplicativos restaurados de um backup anterior do Time Machine. Mas isso durou pouco tempo, pois eu já sabia que o gerenciamento de memória do Mountain Lion deixava a desejar, mesmo a Apple dizendo que 4GB seriam suficientes para essa versão.

Tudo bem que com mais Memória RAM o número de aplicativos abertos simultaneamente é bem maior e você pode trabalhar de forma mais eficaz, mas a partir de um certo ponto, tal como eu sentia antes do upgrade de memória, o meu Mountain Lion parecia estar consumindo bem mais memória. Eu pude notar isso pois tenho um aplicativo que exibe a quantidade de memória livre na barra de menus e com 8GB ficava com cerca de 2GB livres (com meus aplicativos de costume abertos – e dependendo, caso estivesse apenas com algum jogo aberto e os aplicativos fechados esse valor caía para menos de 1GB) e agora com o dobro de memória, o valor estava entre 5 e 6GB de memória RAM livre.

Sinceramente fiquei chateado com isso, e um pouco ansioso com o anúncio do OS X Mavericks – a nova atualização do OS X que deve ser lançado em setembro ou outubro – que promete trazer um novo gerenciamento de uso de memória e processamento. Mas enquanto isso eu precisava encontrar uma maneira de reduzir ou otimizar o consumo de memória. E com algumas buscas na web encontrei muitos usuários se queixando do mesmo problema.

Uma das soluções encontradas, e que após executada aqui me deu um melhor desempenho no OS X foi a utilização do aplicativo OnyX, um utilitário gratuito para diversas versões do sistema operacional da Apple (desde o Jaguar 10.2 até o Mountain Lion 10.8). Após fazer o download e instalar, processo bem rápido já que o arquivo não possui mais do que 20MB, o aplicativo faz uma verificação da estrutura do seu disco antes de continuar – e para esse processo ele tenta fechar todos seus aplicativos abertos.

Executado esse processo ele fica disponível para uso:

OnyX

O que eu fiz e recomendo para que seu OS X seja otimizado e melhore o consumo de memória foi executar as opções marcadas na guia Automation do OnyX, que fará um reparo nas permissões de seus arquivos, limpeza de cache de sistema e usuário e ainda irá eliminar alguns arquivos inúteis do seu disco:

OnyX

Particularmente eu pude notar uma melhora significativa no Mountain Lion, o sistema parece estar um pouco mais leve e a quantidade de memória livre agora fica em torno de 9GB (neste momento em que escrevo o artigo estou com o Google Chrome aberto com 4 abas, Transmission, iTunes, Skype e iMessage aberto). Não está perfeito mas a gostei das melhorias e recomendo a todos que enfrentam esse problema realizarem esse procedimento de tempos em tempos.

Leia Mais

Conheça todos os novos recursos do iOS 7

iOS 7

O iOS 7, futura atualização do sistema operacional usados por iGadgets com iPhones, iPod touchs e iPads, foi apresentado durante a WWDC’13 trazendo muitas novidades, entre elas, talvez a principal seria seu novo layout minimalista – o que deixou muita gente, inclusive a mim, com a cara torta pra Apple.

Na boa, sobrinho de quem fez esses ícones no Paint?

Foram muitas as mudanças, coisas que já eram esperadas há anos – já que o iOS meio que havia parado no tempo e tinha praticamente a mesma cara e poucas novidades adicionadas desde o primeiro iPhone -, muitas delas baseadas em apps que já eram encontrados no Cydia  e quem tem costume de fazer jailbreak deve conhecer bem. O vídeo abaixo, criado pelo site PocketNow, apresenta e comenta todos os novos recursos do iOS 7:

Depois de conferir as novidades, me responda: O que acharam do iOS 7?

Já adianto que o que mais gostei foi a função “Activation Lock”. Bye bye roubo de iPhones ;)

Leia Mais

Submarino inicia venda de iPhone 5 desbloqueado

iPhone 5

Uma das maiores lojas virtuais do país, o Submarino, iniciou hoje a venda dos mais novos modelos de smartphones da Apple, o iPhone 5 desbloqueado em versões de 16GB, 32GB ou 64GB e em ambas as cores disponíveis: grafite ou branco.

Os aparelhos têm preços a partir de R$2.339,10 (já com desconto para pagamentos via boleto) na versão com menor capacidade e podem ser parcelados em até 12x sem juros no seu cartão de crédito. Valores estes que são um pouco superiores aos cobrados pelas operadoras se comprados sem vínculo a algum plano mensal, ou seja, pré-pago.

O iPhone 5 funciona em todas operadoras GSM do Brasil, sendo necessário um nano-SIM da sua operadora para fazer a ativação. E vale lembrar também que o iPhone 5 do Brasil não possui suporte às redes 4G que estão sendo implantadas para a Copa do Mundo 2014.

Leia Mais

Jailbreak do iOS 6.1.2 com evasi0n 1.4

A ferramenta evasi0n foi atualizada para versão 1.4 e já permite a você fazer jailbreak de iPhone 5, iPhone 4S, iPhone 4, iPhone 3GS, iPad 2, iPad 3, iPad 4, iPad mini e iPod touch com iOS 6.1.2 instalado – esse update veio para corrigir o bug do Microsoft Exchange e falha de segurança que permitia acesso aos contatos mesmo com a tela bloqueada.

evasi0n-jailbreak-ios-6-1-2

Se você estava com receio de atualizar seu iGadget com receio de perder o desbloqueio, já pode atualizar tranquilamente e depois baixar o Evasi0n 1.4 (Mac OS X) (Windows), descompactar e fazer o jailbreak do seu dispositivo.

O processo é bem simples que nem precisa de um tutorial! Basta executar o aplicativo (no Windows, com permissão de administrador), conectar o gadget à porta USB e seguir as instruções na tela do evasi0n.

Leia Mais