GVT TV: Planos e Preços

publicado por Leonardo em Variados | 4 comentários

Enfim foi anunciado hoje o serviço de TV por assinatura da operadora GVT, a GVT TV que vêm descaradamente para arrasar com as concorrentes, oferecendo além de valores inferiores, canais em alta definição (HD) em todos os seus pacotes – sim, até mesmo no plano mais simples!

O pré-cadastro para a GVT TV já está sendo realizado há cerca de 1 mês no site da operadora e já possui um número de interessados superior a 40mil, mesmo sem ainda se ter conhecimento dos planos e preços que só foram divulgados hoje em um evento em São Paulo – cidade onde, por incrível que pareça, a GVT não presta serviços a usuários residenciais.

Os planos foram divulgados durante o evento de lançamento e pouco tempo depois foi postado também no twitter da operadora. Confira os planos e valores:

he1pm GVT TV: Planos e Preços

Imagem por @cardoso, via Twitter.

  • Pacote básico com 41 canais de vídeo, sendo 26 pagos e entre eles 5 em HD por R$59,90;
  • Pacote intermediário com 45 canais pagos, sendo 9 em HD por R$89,90;
  • Pacote Ultimate HD com 72 canais pagos, sendo 14 em HD, por R$129,90.

Todos os pacotes irão conter os canais abertos e serviços interativos como como Twitter, Facebook, YouTube, e etc. E a respeito de pontos adicionais, serão cobrados valores de R$24 ou R$29 por ponto, respectivamente aparelhos simples e aparelhos com gravador.

Mas as boas notícias não páram por aí! Quem já for assinante de algum plano da GVT e adquirir a GVT TV poderá ainda solicitar alteração de velocidade da internet para 35MB pagando apenas R$99/mês! Mais economia ainda.

O Ponto negativo até o momento é a falta de informações concretas sobre a disponibilização do serviço nas cidades em que a GVT atua. Em 2 ligações realizadas para o 10325, nenhum dos atendentes estava a par das informações e só me foi sugerido realizar o pré-cadastro (que eu já havia realizado há algumas semanas) e aguardar um contato.

update:

A GVT TV será lançada comercialmente na metade do próximo mês, ou seja, outubro, nas cidades que já contam com o serviço de telefonia e banda larga.