Qual a palavra mais rica da língua portuguesa?

M E R D A (Nem o Aurélio definiu tão bem) A palavra mais rica da língua portuguesa é a palavra MERDA. Esta versátil palavra pode mesmo ser considerada um coringa da língua portuguesa. Vejam os exemplos a seguir:

Como indicação geográfica 1:
Onde fica essa MERDA?

Como indicação geográfica 2:
Vá a MERDA!

Como indicação geográfica 3:
17:00h – vou embora dessa MERDA.

Como substantivo qualificativo:
Você é um MERDA!

Como auxiliar quantitativo:
Trabalho pra caramba e não ganho MERDA nenhuma!

Como indicador de especialização profissional:
Ele só faz MERDA.

Como indicativo de MBA:
Ele faz muita MERDA.

Como sinônimo de covarde:
Seu MERDA!

Como questionamento dirigido:
Fez MERDA, né?

Como indicador visual:
Não se enxerga MERDA nenhuma!

Como elemento de indicação do caminho a ser percorrido:
Por que você não vai a MERDA?

Como especulação de conhecimento e surpresa:
Que MERDA é essa?

Como constatação da situação financeira de um indivíduo:
Ele está na MERDA

Como indicador de ressentimento natalino:
Não ganhei MERDA nenhuma de presente!

Como indicador de admiração:
Puta MERDA!

Como indicador de rejeição:
Puta MERDA!

Como indicador de espécie:
O que esse MERDA pensa que é?

Como indicador de continuidade:
Tô na mesma MERDA de sempre.

Como indicador de desordem:
Tá tudo uma MERDA!

Como constatação científica dos resultados da alquimia:
Tudo o que ele toca vira MERDA!

Como resultado aplicativo:
Deu MERDA.

Como indicador de performance esportiva:
O Botafogo não está jogando MERDA nenhuma!!!

Como constatação negativa:
Que MERDA!

Como classificação literária:
Êita textinho de MERDA!!!

Como qualificação de governo:
O governo Lula só faz MERDA!

Como situação de orgulho/metidez :
Ela se acha e não tem MERDA NENHUMA!

Como indicativo de ocupação:
Para você ter lido até aqui, é sinal que não está fazendo MERDA nenhuma!!!

Retirado daqui.

F.A.Q.

P: Faço muitas merdas na vida. Ficarei rico por isso?
R: Com certeza não!

P: Se meu pai é um merda, eu sou um merda, então meu filho também será?
R: Provavelmente ele será um merdinha até atingir idade adulta.

P: Me acho um merda. Como sair dessa situação?
R: Comece tirando as merdas da sua cabeça.

Leonardo R.

Analista de TI, graduado em Internet e Redes de Computadores, apaixonado por tecnologia, música e viagens. Mountain biker por hobby, e jogador de Xbox One e alguns jogos da Blizzard nas horas vagas. Também curte fotografia, filmes, séries e web em geral.