Vírus é identificado pelo Whatsapp

O Whatsapp é um dos maiores fenômenos dos aplicativos para smartphone. Com milhões de usuários no mundo inteiro, ele se tornou muito popular por oferecer a troca de mensagens de texto e voz de maneira gratuita. Basta estar conectado a uma rede wireless ou de dados para conversar com os amigos que também tenham o app instalado.

Com a popularização, também chegam os problemas. Foi descoberto recentemente um vírus no aplicativo que infecta os celulares dos usuários. Os ataques são feitos em forma de avisos de mensagem de voz e, ao abrir a notificação, um botão verde de “play” surge na tela. Ao tocar nele, o usuário é levado a um endereço para baixar o arquivo danoso.

virus whatsapp

Nenhum arquivo de áudio é executado, mas o trojan Kuluoz é inserido em seu smartphone. Esse malware foi criado para roubar senhas e outros dados pessoais dos usuários, gerando um grande transtorno para quem acaba caindo no “golpe”.

Os smartphones têm sofrido cada vez mais com tentativas de ataques e vírus que são criados para roubar dados. Segundo o site http://www.psafe.com/Protege-antivirus/, no mês de junho foi descoberto um malware poderoso no sistema Android. O Backdoor.AndroidOS.Obad.a explorava falhas graves de segurança e controlava as ferramentas do sistema.

Apesar de poucos celulares terem sido infectados, o vírus causou grande estrago. Portanto, mesmo sendo um aparelho com pouca incidência de problemas, tome sempre cuidado onde clicar e o que abrir em seu smartphone. Por serem novos, pode não existir tecnologia suficiente para corrigir algum problema em tempo hábil, como acontece nos computadores.

Uma dica é baixar e manter ativo apps de antivírus para o smartphone. Já existem empresas investindo na área mobile justamente pensando em proteger os consumidores desse novo segmento de mercado.

Este artigo foi enviado por Daiane Ferreira.

Artigo de Leitores

Este post foi enviado por e-mail por leitore e/ou seguidor do site. Caso queira ter um artigo publicado, entre em contato através de nossa página no Facebook.